AO VIVO
Fechar
©2024. Rádio Progresso. Todos direitos reservados. Política de Privacidade.

Operação Minerva 2024 inicia com integração de forças em Dionísio Cerqueira

A primeira edição da Operação foi realizada em 2023 com integração das forças de segurança.

Por Rádio Progresso
Postado em 02 de abril de 2024 às 14:45.00

Foto: Divulgação | PM

Na manhã desta terça-feira, 02, aconteceu em Dionísio Cerqueira, a abertura da primeira edição da Operação Minerva de 2024. O nome "Minerva" foi escolhido pela associação com a inteligência tática e operacional, aliada  a esforços e a cooperação estratégica de diferentes instituições. Estes elementos são fundamentais para alcançar melhores resultados operacionais para o combate ao tráfico de drogas, ao contrabando, ao descaminho e demais delitos transfronteiriços.

A Operação Minerva representa a resposta a esses desafios, com um foco primordial na segurança e proteção do comércio e dos cidadãos de bem de nossas cidades. A primeira edição da Operação foi realizada em 2023 com integração das forças de segurança, com resultados expressivos, para assegurar uma região de fronteira segura, onde as atividades legais prosperem e a população esteja protegida de maneira eficaz. Essa persistente atuação reflete o comprometimento e a determinação das forças em garantir a segurança e a integridade de nossas fronteiras.

O Comandante do 9° Comando Regional de Polícia Militar de Fronteira, Coronel PM Ricardo Alexandre Sabatini Silva, recepcionou as autoridades que prestigiaram o evento juntamente com o Coordenador-Geral de Fronteiras e Amazônia, Coronel RR Ronimar Vargas Jobin o qual destacou a importância da integração das instituições participantes da operação.

Participam da operação a Polícia Militar de Santa Catarina, Brigada Militar do Rio Grande do Sul, Polícia Militar do Paraná, Polícia Militar do Mato Grosso do Sul, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil de Santa Catarina, Polícia Civil do Paraná, Receita Federal, Cidasc, Unidades de Combate do Exército Brasileiro, Policia da Argentina, Gendarmeria Nacional Argentina, Prefeitura Naval Argentina e Polícia Nacional do Uruguai.

Fotos:
Fonte: Progresso FM | Polícia Militar